9.3.12

 Recentemente, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou os resultados do censo demográfico de 2010. Dentre as informações disponibilizadas, consta a renda da população. Então resolvi buscar informações de São Gonçalo e dos seus bairros.

Na cidade de São Gonçalo (RJ), cerca de 47% da população, acima de 10 anos, recebe até 2 (dois) salários mínimos e 37,31% não possui rendimentos. Se levarmos em consideração apenas a população que possui algum rendimento são aproximadamente 75%, e menos de 1% da população ganha acima de 10 (dez) salários mínimos. (em 2010 o salário mínimo é R$ 510,00).

Os bairros com maior proporção de pessoas, que declararam rendimentos, e recebem até 1 salário mínimo são: Várzea das Moças (61,58%), Itaóca (60,22%), Morro do Castro (57,21%). 

Se olharmos para o outro lado da moeda, ou seja, os bairros cujos moradores, que declararam rendimentos, recebam acima de 5 salários mínimos são: Vila Yara (24,34%), Alcântara (19,36%), Centro (16,83%).


Figura 1- Pessoas de 10 anos ou mais de idade, por classes de rendimento nominal mensal e renda mediana por bairros - São Gonçalo - 2010


Fonte: Censo 2010
Se não conseguir visualizar o mapa, favor instalar o Adobe Flash Player (clique aqui)

Outra forma de avaliarmos a renda da população é pela renda mediana, que seria o valor limite entre a metade da população que ganha mais e a metade que ganha menos.

Os resultados apresentados (ver figura 2) apresentam uma concentração dos maiores rendimentos medianos nas proximidades do centro de São Gonçalo, concentrando-se, principalmente, no 1° (centro) e  no 4° (neves) distritos. 

 Figura 2 - Ilustação do cluster da renda nominal mediana por bairros, São Gonçalo, 2010.



Fonte: Censo Demográfico 2010, IBGE.


Esse artigo leva em consideração a variável renda mediana (valor que divide a população residente de cada bairro em duas metades iguais) para a elaboração do mapa ao invés de renda média, que mascara os contrastes, poderá funcionar melhor para explicar a qualidade de vida nas cidades.
Explicando melhor a opção pela mediana e não pela média:
Se a renda de sete famílias fosse: 240,00; 370,00; 410,00; 520,00; 630,00; 680,00 e 820,00, a mediana seria 520,00 (Md = 520,00) e a média = 524,00. Mas se a renda de sete famílias fosse: 240,00; 370,00; 410,00; 520,00; 630,00; 680,00 e 10.000,00, o valor da mediana manter-se-ia o mesmo, enquanto a média aritmética passaria a ser 1.836,00.
Valores extremos (aberrantes) têm, pois, muito menor influência sobre a mediana do que sobre a média.

Variável utilizada:
O valor do rendimento nominal mediano mensal refere-se às pessoas de 10 anos ou mais de idade, total e economicamente ativas, com rendimento, às pessoas de 10 anos ou mais de idade ocupadas na semana de referência com rendimento do trabalho principal e de todos os trabalhos, às famílias residentes em domicílios particulares, total e com rendimento família.
Foram classificados como SEM DECLARAÇÃO DE RENDIMENTOS os domicílios nos quais, a renda de qualquer um dos componentes tivesse sido classificada sem declaração.

Referências Bibliográficas

Jornal O Fluminense:
http://jornal.ofluminense.com.br/editorias/cidades/nivel-de-renda-e-discrepante (acesso: 10 de março de 2012)

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) - http://www.censo2010.ibge.gov.br/resultados_do_censo2010.php  (acesso: 10 de março de 2012)

Sobre o Autor:
Wilson Santos de Vasconcelos Wilson Santos de Vasconcelos é editor do Blog Tafulhar. Formado em sociologia pela UFF e mestre em Estudos Populacionais e Pesquisas Sociais pela ENCE/IBGE.

{ 2 comentários... read them below or Comment }

  1. Wilson, parabéns pelo blog. Excelente conteúdo, e uma abordagem muito interessante sobre aspectos pouco explorados no cotidiano de São Gonçalo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Roberto, Muito Obrigado pelo seu retorno! A ideia é essa, ou seja, tentar mostrar um pouco da realidade da nossa cidade.
      Seja sempre bem vindo!

      Excluir

Seu comentário é muito importante, pois estimula novas postagens

Sugestões

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Copyleft

Copyleft
O conteúdo do blog Tafulhar é “Copyleft”, podendo ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor e, se for o caso, à fonte primária da informação

Translate

Localizar no Tafulhar

Recomende em

Seguidores

Google+ Followers

Receba notícias por e-mail

Postagens Populares

Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

addthis

- Copyright © Tafulhar -Tafulhar -